CaracterísticasMultimédia

Série 6

O Série 6 Agrotron representa a perfeita sinergia tecnológica, na qual a eficiência integrada de todos os sistemas optimiza o rendimento global da máquina: as motorizações Deutz modernas, associadas às extraordinárias transmissões Powershift e a um sistema hidráulico eficiente, consagra à Série 6 o topo de gama no mercado. A filosofia Power Efficiency adoptada pela Deutz Fahr toma forma nesta série de tractores, com a aplicação das melhores soluções tecnológicas para alcançar os níveis máximos no que diz respeito a consumos de combustível reduzidos ao mínimo, emissões poluentes em conformidade com as normas mais rigorosas e máxima eficiência dos factores produtivos. Série decididamente na vanguarda do seu tempo, graças à nova caixa de velocidades robotizada CShift, concebida para os modelos com transmissão T7200.

Download Brochura
Motores modulares, potentes, funcionais, ecológicos: simplesmente extraordinários.

Os Agrotron da Série 6 são extraordinariamente modulares, graças ao intervalo de potência dos motores de 140 a 190 CV. 
As motorizações desta gama de produtos têm equipamentos realmente extraordinários que permitem ao propulsor alcançar os seus melhores desempenhos: testadas com quatro válvulas por cilindro, turbocompressor com Intercooler e válvula waste-gate, gestão eléctrica integral da injecção DCR (Deutz Common Rail) até 1600 bar e pós-tratamento dos gases de escape com catalisador SCR.
Graças à configuração especial das câmaras de combustão, o DCR permite ao motor alcançar um rendimento elevado e mantê-lo constante mesmo nas operações mais complexas, com a distribuição de um excelente binário até nos regimes mais baixos. Isto engloba uma maior capacidade de tracção na fase de lavra e nos transportes de cargas pesadas.
O catalisador SCR permite que os motores funcionem com um rendimento optimizado sem ter de recorrer à recirculação dos gases de escape, optimizando o consumo do gasóleo que pode diminuir até 10% (em relação às versões anteriores), com a mesma potência fornecida. 
A economia de gasóleo compensa amplamente o consumo do AdBlue (a solução à base de ureia muito pura a 32,5% de concentração em água desmineralizada, necessária para o funcionamento do SCR), criando uma economia de serviço ideal e um impacto ambiental mínimo. Além disso, para a salvaguarda adicional do ambiente, os modelos da Série 6 são 100% compatíveis com biodiesel. 
A vocação agrícola dos propulsores Deutz é destacada pelo binário máximo disponível de 1600 rpm e uma potência máxima de 1900 rpm (que permanece constante entre as 1600 e as 2100 rpm), na prática para todos os intervalos dos trabalhos clássicos no campo. Óptima autonomia, graças ao depósito de gasóleo de 300 litros, cuja capacidade não é minimamente comprometida pela capacidade de 35 litros do AdBlue: na realidade, o dimensionamento deste último foi estudado para garantir o enchimento de aditivo a cada dois abastecimentos completos de combustível, não necessitando de interrupções durante o dia de trabalho. 
Uma transmissão perfeita e inovadora
A Série 6 encontra-se na vanguarda da eficiência e da tecnologia: os modelos com transmissão T7200 estão equipados com a inovadora caixa de velocidades robotizada CShift, que permite gerir as seis gamas simplesmente com a utilização do joystick, sem carregar na embraiagem nem accionar qualquer alavanca.
A Série 6 é considerada excelente também pelas suas transmissões mecânicas ZF de seis velocidades com quatro relações em Powershift para cada velocidade, com super-redutor de série e inversor electro-hidráulico sob carga, num total de 40 relações FR/MA rigorosamente escalonadas e sem sobreposições inúteis. Em particular, com o inversor electro-hidráulico e reactividade regulável, é possível mudar o sentido de avanço mesmo em declives e até 12 km/h; um dispositivo realmente útil para executar manobras rápidas junto às zonas limite do campo e, no geral, para melhorar a manobrabilidade da Série 6. O Automatic Powershift, de série para os acessórios “P” (e disponível como opção para os outros modelos), é uma verdadeira caixa de velocidades automática que, no âmbito das quatro relações Powershift de cada gama, selecciona de forma autónoma a mais indicada em função da carga e do regime do motor: a velocidade de resposta é realmente fundamental quando são necessárias repetidas mudanças de velocidade. Na estrada viaja-se a regimes baixos (às 1550 rpm para o modelo 6160 e 1640 rpm para os modelos 6150, 6180 e 6190, todos eles equipados com pneus de série), com todas as vantagens em termos de consumo, conforto acústico e vibrações.
Um equipamento completo no que diz respeito à TDF.

A possibilidade de escolher entre várias alternativas de velocidade da TDF contribui para aumentar a versatilidade de um tractor. 
Nos Agrotron PS da Série 6 estão presentes os quatro regimes clássicos: os dois tradicionais de 540 e 1000 rpm, ambos disponíveis na modalidade ECO. 
Todas as opções dispõem de engate/desengate electro-hidráulico, com a detecção automática da carga, de modo a garantir sempre um arranque gradual e progressivo dos aparelhos ligados. 
A gestão da TDF é simples e intuitiva: comandos electro-hidráulicos e visor LCD indicam ao operador o real regime de rotações para permitir que todos os dispositivos trabalhem nas melhores condições;
Além disso, está disponível também a activação automática, para permitir o engate e desengate em função da posição da alfaia ligada ao engate traseiro de três pontos.
De série, é também a presença do controlo remoto da TDF nos guarda-lamas traseiros, enquanto o elevador dianteiro opcional está equipado com TDF de 1000 rpm (disponível também na versão ECO).
Um sistema hidráulico completo para qualquer utilização.

O sistema hidráulico dos Agrotron PS Série 6 é composto por uma bomba dedicada à direcção e aos circuitos auxiliares de 42 l/min e uma bomba de débito fixo de 83 l/min para os distribuidores e elevador. 
De série, é fornecido um par de distribuidores de efeito duplo de controlo mecânico (quatro em opção), ao qual pode ser adicionado um terceiro distribuidor de controlo electrónico e outros dois distribuidores dianteiros; além disso, na versão “P”, os distribuidores de série são quatro (opcionais até sete), de efeito duplo e controlados electronicamente.
Todos os distribuidores podem ser bloqueados, quando necessário, e utilizados por acção simples ou de efeito duplo, mesmo com o elevador em funcionamento; complementarmente, é possível regular os tempos de intervenção e a entidade dos fluxos de óleo.
Caso se deseje aumentar os equipamentos do sistema hidráulico de base, é possível substituir a segunda bomba por um sistema Load Sensing de 120 l/min: a vantagem desta opção é a adaptação instantânea da potência hidráulica distribuída de acordo com a necessidade dos equipamentos individuais, reduzindo significativamente as dissipações de energia, os consumos de combustível e garantindo uma maior duração dos componentes hidráulicos.
O elevador posterior de controlo electrónico EHR tem uma capacidade de elevação de 6000 kg, que pode ir até aos 9200 kg com os cilindros opcionais, enquanto a capacidade do elevador dianteiro (opcional) é de 3800 kg.
O EHR gere a regulação do esforço, a posição e utilização na modalidade mista e flutuante, para além de outras funções integradas, como o enterramento rápido, o amortecimento das oscilações de alfaias suspensas, o bloqueio na posição desejada, a limitação da altura de subida da alfaia e a regulação da velocidade de descida.
É opcional a adição do radar que permite o controlo da patinagem.
Todos os modelos da Série 6 estão equipados com tomadas hidráulicas “push-pull”, para efectuar, de forma ágil, a ligação com tubagens sob pressão. 
O engate Power-Beyond é uma aplicação extremamente útil quando se utilizam equipamentos que exigem elevados débitos de óleo: através do encaminhamento de todo o fluxo de óleo sob pressão da bomba hidráulica para um ou mais motores hidráulicos montados no equipamento, obtém-se o menor número de passagens obrigatórias, melhorando o rendimento hidráulico e diminuindo significativamente as perdas e os consumos de gasóleo.
A cabina ideal existe: S-Class 2

As soluções de concepção da nova cabina “S-Class 2” asseguram um excelente nível de conforto, graças ao qual é possível trabalhar em óptimas condições. As características da nova cabina são as tonalidades “warm-grey” dos revestimentos, o volante de três raios com pormenores de efeito de alumínio, o apoio para braço multifunções que reagrupa todos os comandos principais e a pré-preparação para o auto-rádio de quatro altifalantes, tudo de série.
O acesso foi facilitado graças à escada em aço galvanizado, com degraus antiderrapantes e banda de retenção do pé; mesmo de noite, não há qualquer problema graças à iluminação integrada, que se activa automaticamente quando se abre a porta.
O banco está equipado com suspensões pneumáticas com posicionamento automático (opcionalmente, disponível com suspensão activa).
A cabina é ampla e espaçosa: a visibilidade de 320 graus é excepcional, graças à ampla superfície vidrada e ao tejadilho em vidro que pode ser aberto com cortina pára-sol. 
O sistema de climatização potente, equipado com catorze bocais reguláveis, é capaz de manter um clima interior perfeito em todas as circunstâncias; além disso, também a qualidade do ar no interior do habitáculo é praticamente a ideal graças a filtros especiais (opcionalmente, a carvão activo).
A iluminação também é excelente: quinze faróis de trabalho, dos quais seis são dianteiros e nove traseiros, asseguram uma visibilidade perfeita mesmo na mais completa escuridão.
Como se não bastasse, mediante pedido, está disponível a versão “deluxe” da S-Class 2, com suspensões mecânicas ou pneumáticas, ar condicionado de controlo electrónico e espelhos retrovisores eléctricos aquecidos.
A instrumentação dos Agrotron PS Série 6 inclui o dispositivo Comfor-tip e o iMonitor, interface multimédia com a qual é possível gerir as principais funções do tractor (elevador, TDF, distribuidores, motor, transmissão, ASM, suspensões da cabina), os dados sobre os desempenhos (consumo de gasóleo, produtividade, áreas trabalhadas) e as funcionalidades ISOBUS para o acoplamento de equipamentos compatíveis (para além do leitor de mp3 e Bluetooth).
A interface uniformizada ISOBUS 11783 garante uma operatividade “plug and play” imediata, eliminando a necessidade de instalar monitores desconfortáveis dedicados.
Além disso, com todas as operadoras compatíveis, é suficiente uma simples ligação de engate e um único terminal para todos os equipamentos.
Na Agritechnica 2015, a Série 6 CShift conquistou o prémio "Machine of the Year 2016" na categoria "Tractor upper middle class". A extremamente confortável e eficiente transmissão Powershift robotizada convenceu o júri.
Multimédia

também poderá estar interessado


Série 6 TTV

Subscreva a nossa newsletter

peça-nos um orçamento para novos e usados

Tratorave © Todos os direitos reservados
Desenvolvimento Netgócio ®

Ao usar este website, está a aceitar a utilização de cookies para análise, conteúdo personalizado e apresentação de anúncios.